Crianças menores de 2 anos não devem usar máscaras, recomenda órgão de saúde dos EUA


Orientação vale também para adultos incapacitados de tirar a máscara sem assistência, por risco de sufocamento

O centro norte-americano de controle e prevenção de doenças (CDC) divulgou em seu site orientações sobre o uso de máscaras para proteção contra o coronavírus. O documento aponta que o uso ajuda a reduzir a contaminação, mas faz um alerta importante: máscaras não devem ser usadas por crianças menores de 2 anos, pessoas com problemas respiratórios ou inconscientes.

De acordo com a agência, a máscara não deve ser usada por pessoas que não sejam capazes de removê-la sem assistência, inclusive adultos, porque podem causar sufocamento.

Além disso, no caso das crianças, pediatras ouvidos pelo site LAist apontam ainda outros problemas, como o tamanho das máscaras, por exemplo, já que elas não são eficientes se não estiverem corretamente ajustadas ao rosto. Há ainda o fato de que a criança tende a tocar na máscara, então, pode se contaminar por outros orifícios; máscaras molhadas são consideradas sujas, e crianças costumam babar, salivar e ter o nariz escorrendo; e, por último, o incômodo causado pela máscara, que pode irritar as crianças.

Importância da máscara

Para pessoas fora do grupo citado acima, a recomendação é usar a máscara sempre que precisar sair de casa, já que a cobertura impede a transmissão do vírus por pessoas contaminadas assintomáticas – que não sabem que estão com a doença.

Fonte: Revista Crescer 

Endereço:

Centro Empresarial Jardins do Brasil 

  • Av. Hilário Pereira de Souza, 406/492 - 20º Andar

      Sala 2001 - Torre 2 - Centro - Osasco - SP

      CEP 06010-170

Contatos: 

  • ​(11) 4624-4040 (consultório) 

Estacionamento com serviço de Valet no local para o conforto e segurança dos pacientes. 

Conectividade Wi-fi  em  todos

os ambientes.

© 2019 PequenoSer - Todos os direitos reservados. Imagens ilustrativas.

Resp. Téc. Dra. Estela Maria Marcon Pires - CRM 70.564